segunda-feira, 16 de julho de 2012

Resenha – Adeus professor, Adeus professora? - José Carlos Libâneo





Resenha – Adeus professor, Adeus professora?




Curso de Pedagogia
Turma: p341
Disciplina: Estudos Integrados II
Professora: Valéria
Aluna: Maria de Fátima Mendes Nunes





Nilópolis
03/07/2012


Resenha – Adeus professor, Adeus professora?
As novas tecnologias da comunicação e informação, a escolas e os professores.
LIBÂNEO, José Carlos. Adeus professor, Adeus professora? Novas tecnologias educacionais e profissão docente. / José Carlos Libâneo, 4.ed. – São Paulo: Cortez, 2011 – (Coleção Questão da Nossa Época; v.2)
                        “Educação e comunicação sempre andaram juntas na reflexão pedagógica. Frequentemente, esses termos foram tomados como sinônimos, outras vezes a comunicação foi tomada como uma dimensão da educação. Hoje em dia não faltam os que querem substituir a teoria da educação pela teoria da comunicação.”
(p 55)
No começo do texto Libâneo fala da relação entre educação e a comunicação que sempre andaram juntas e da importância das mídias para a sociedade, onde são as maiores formadoras de opiniões, diante disso fica clara a necessidade do professor estar aperfeiçoando-se para conhecer e saber utilizar as novas tecnologias para ajudar os seus alunos no seu processo de formação.
“A prática educativa não se reduz à escola e ao ensino. A intervenção educativa ocorre em muitos lugares, mediante variadas formas, por meio de diversas agencias. Há portanto, agentes educativos convencionais – família, escola, comunidade –, como há instituições socias, culturais, civis, recreativas, meio de comunicação etc. A escola, portanto, não detém o monopólio do saber.” (p 57)
Libâneo defende a necessidade dos educadores de se apropriarem da tecnologia e da comunicação provocando uma reflexão, no qual os alunos possam elaborar e transformar as ideias, sentimentos, atitudes e valores. A tecnologia deve ser considerada  um conteúdo escolar necessário na aprendizagem.
A sociedade se encontra em constante transformação e isso ocorre pelo conhecimento humano que se constrói em diferentes aspectos e novas formas de produção, principalmente na educação. A formação docente precisa ser continuada para que o professor se sinta capaz de preparar o aluno em um ser ativo e responsável pelas diferentes formas de construção de conhecimentos no processo de ensino-aprendizagem.
Apesar das transformações há ainda professores desqualificados que não buscam o conhecimento para que possam levar aos seus alunos uma aprendizagem significativa, Promover aulas inovadoras é primordial para que possibilite ao aluno construir um pensamento crítico, ampliar os seus conhecimentos e não serem excluídos, independente de suas diferenças da era da modernidade.
As novas exigências educacionais, o novo papel da escola e dos professores, a qualidade do ensino e a formação inicial e continuada de professores, diante da integração dos meios de comunicação no ambiente escolar são fatores de suma importância. O autor dispõe de uma linguagem de fácil compreensão, tornando a leitura mais agradável e compreensiva. As citações feitas pelo autor nos ajudam a melhor compreender a problemática e nos possibilitam a refletir sobre a importância de se trabalhar a prática relacionada com a teoria nos cursos de formação de professores e aponta sugestões e formação inicial e continuada, enfim, é um livro que apresenta os fundamentos necessários à compreensão da profissão docente no contexto atual.
O ser humano com certeza é muito mais capaz do que qualquer invenção criada por nós mesmos. A tecnologia é capaz de instruir os alunos em assuntos científicos, exclusivamente didáticos, mas não forma ser humano ético, pensante, curioso, honesto, que tenha valores morais, crítico, ou seja, que desprovido desses valores não fará bom uso do conhecimento que adquiriu.

Maria de Fátima Mendes Nunes, graduando do Curso de Pedagogia da UNIABEU – 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Método Paulo Freire

CONCEPÇÃO DE INFÂNCIA

Teoria e prática da Língua Portuguesa – Ensino fundamental

PROJETO - MUSEU VAI A ESCOLA

INSERÇÃO DA CRIANÇA NA CRECHE